Saturday, August 15, 2020

Pausa Férias : Conheces o Pika-de-ili ou Ili Pika ?





Pika-lli
credits: Li Weidong

O Pika-ili ou Li-pika ((Ochotona iliensis) vive a mais de 2 800 metros de altitude, nos penhascos das montanhas Tian Shan, na China. É um animal tímido, e fugido, sendo raro avistado. No entanto, estima-se que existam cerca de 1 000 espécimes, o que coloca esta espécie em risco de extinção.
Com o declínio das pastagens nas montanhas de Tian-shan, os pastores passaram a levar os seus rebanhos para montanhas mais altas, como é o caso de Tian Shan. Consequentemente, começaram a aparecer mais predadores no seu habitat, reduzindo drasticamente o número de Pika-ili existentes.

Mas, tabém o aquecimento global tem contribuido para a alteração do seu habitat.




Pika lli ou Lli pika
créditos:  Li Weidong
via CNN

Depois da sua descoberta em 1983, não voltaram a ser vistos até 2014. Assim, durante 20 anos, estes pequenos animais não foram avistados, devido à sua pequena população e locais de dificil acesso. Até que em 2015 voltaram a aparecer, e a acabar com a especulação de que estariam exintos.

Os pika ili alimentam-se sobretudo de ervas e gramíneas. 




Cientista chinês Li Weidong
créditos: Li Weidong
via CNN
No mesmo ano, Li Weidong, o cientista que tinha descoberto os Pika ili em 1983, criou dois santuários para o animal com a ajuda do governo local. Muitos pastores locais também se voluntariaram para ajudar a instalar câmaras e evitar a caça furtiva.

O Pika ili pode crescer até 20 centímetros de comprimento e 250 gramas, tendo evoluído para viver em climas frios. Faz as suas tocas nas pequenas fendas que cortam as montanhas rochosas e rochedos.
Estes pequenos mamíferos são conhecidos pelas adoráveis ​​espreitadelas que fazem quando tentam comunicar. Supõe-se que não emitem sons. Contudo houve tão pouca interação com estes animais que ainda não está provado.
Calcula-se que o único Pika ili que não é tímido é o Pikachu! Sim, a famosa personagem dos Pokemons foi inspirada neste pequeno “coelho”. Sabia?





Sixty-year-old retired conservationist Li Weidong has been on a mission for over 30 years to document and protect the highly-endangered Ili Pika (Ochotona iliensis) - a mysterious rabbit-like mammal only found in China. 
With less than 1,000 left they are now rarer than pandas. Li Weidong first spotted the "magic bunny" in 1983.



Ili pika
credits:  Li Weidong
via CNN
He remembers his first encounter vividly. "I had been climbing a mountain for four hours, and was just catching my breath, when suddenly, I saw the shadow of a small creature running by."
"I sat down next to some rocks, and suddenly two bunny ears emerged from the crack of one of the rocks. The little thing was staring at me, blinking at me. I thought it was the most beautiful and bizarre creature I'd ever seen. I couldn't believe."


Pika-lii
via CNN
"They found it hiding behind a rock, and they realized they had found the pika. They were very excited," said Tatsuya Shin, a naturalist in China who works with the pika's discoverers.


The pika may have inspired the famous and so cute Pokemon character, Pikachu.





Chinese scientist Li Weidong,
via Global Times

Like other high-dwelling creatures, the ili pika is sensitive to changes in its environment. A 1990s estimate put its population at about 2,000 individuals, and it's believed to be decreasing in number, according to the International Union for Conservation of Nature.

In 2005, the Ili pika was included in China's Redbook of endangered animals. In 2008, it was listed as endangered on the International Union for the Conservation of Nature (IUCN) Red List


Boas férias! Voltamos em Setembro! Não esqueças de visitar o nosso blog polar Geração Polar!
Have a nice time! We will be back in September! By the way, don't forget to visit our polar blog Geração Polar.
Geração 'green'
15.08.2020
Creative Commons License

Sources: Green Savers/ CNN/ National Geographic


Friday, August 14, 2020

Geração Verde : Apresentação projecto/ A Green Project by Students






Earth Day 2008

No dia 22 de Abril celebrou-se o Dia Verde 2008. O dia 22 de Junho é denominado Dia do Planeta ou Earth Day.

O projecto Os Torrinhas Verdes, hoje Geração Verdenasceu da proposta da Professora Gina Souto aos alunos, aprendizes ambientalistas, de participar nas actividades de Earth Day 2008.


Um evento que teve origem nos Estados-Unidos e que junta, neste momento, cerca de oitocentos e cinquenta e oito mil participantes de vários países a nível mundial.

Os Green Torrinhas estão inscritos desde 14 de Janeiro de 2008. São alunos das Turmas G|H|I do 5º Ano da Escola Francisco Torrinha (Portugal) que desenvolvem actividades curriculares e extracurriculares de intervenção ambientalista na comunidade escolar, nos curriculos Língua PortuguesaCidadania, dois vastos campos abertos à intervenção e à criatividade.

As suas convicções ambientalistas começaram com a participação no Ano Polar Internacional 2007-2008.






ICT & curricula

Os Torrinhas Verdes | Geração Verde adquiriram assim competências no domínio das IT inseridas nos currículos de Língua Portuguesa, Cidadania, adquirindo aprendizagens em tempo curricular e extracurricular.

O blogue Geração Verde foi criado por um grupo voluntário de alunas e alunos que, coordenado pela Professora Gina Soutose reúne em horas extracurriculares, como actividade de enriquecimento curricular.






Nas aulas, todos os alunos se dedicaram a Actividades que foram desenvolvidas até ao dia 22 Abril - Dia Verde 2008


Entre outros projectos, organizaram um Jornal de Parede nos placares de salas das respectivas turmas que foi sendo actualizado, semanalmente, por grupos alternados de alunos, devidamente escalonados.

Durante a semana de 17 de Abril a 21 de Abril festejaram então a Semana Verde em toda a comunidade escolar que culminou nos dias 20-21 de Abril com o Dia Verde 2008.



This blog Geração Verde (Green Generation) is a students project in collaboration with the Teacher Gina Souto as a tutor and e-tutor in extra activities in Languages curriculuminspired by Earth Day 2008. This blog published by a group of young students 'environmentalists' who participated in Earth Day activities from 2008 to 2010.

Geração Verde blog created in Languages cross-curricular - Portuguese mother language and French foreign language - was published by young students of a secondary school in Porto, Portugal, as a participation at Earth Day activities for some years (2007-2010). 

"Earth Day Network is a global leader in promoting environmental education and green schools. Our award-winning Educator's Network provides resources for teachers educating for a sustainable future"

Earth Day

Geração Verde (Green Generation) and Geração Polar (Polar Generation).

Geração Polar blog (Polar Generation) was developed as a pedagogical extra-curriculum activity in Languages and Civics curriculum, created as a participation at the International Polar Year 2007-2008 (IPY). 

Students are publishing stories, some news, events, photos and videos concerning "Environmental Education" and me as e-tutor, when we have some
Now, only a small group of students and  me, as e-tutor, continue this projec free time. 




I don't teach face-to-face anymore at school neither the students are studying at the same school. They grew up. They are in College now. Some have their jobs.

Together in collaboration, we meet on the internet, and continue both blogs Green Generation and Polar Generation by pleasure as young environmentalists.


A Professora | The Coordinator

G-Souto

27.03.2008

Creative Commons License

Actualizado em 15.08.2020
Updated August 15,2020


Saturday, June 27, 2020

Lobos : Poderão videos YouTube salvar os lobos em extinção ?





Lobo Ibérico

O lobo-ibério, o lobo-vermelho e o lobo-etíope são espécies em risco de extinção, segundo a Lista Vermelha da IUCN
Lembrámos quando nasceu o Centro de Recuperação do Lobo Ibérico em Portugal. Na aula de Português, foi-nos proposto participar no Concurso O Lobo e o Natal, e dois de nós fomos premiados.



Lobo cinzento

O lobo-cinzento é o único da espécie que se considera ter uma população estável. No entanto, tudo isto se deve aos esforços de conservação desempenhados ao longo dos anos. Os especialistas procuram agora outras formas de contribuir para uma contínua preservação do animal.
Um estudo  da North Carolina State University (Estados Unidos), demonstra que a Internet e particularmente o YouTube, podem contribuir para a conservação dos lobos.


Lobo vermelho
créditos: Courtesy of Wolf Conservation Center

A investigação analisou o comportamento e opinião de 273 pessoas, após visualizarem diferentes vídeos sobre lobos, de carácter neutro, positivo e negativo.
As pessoas, regra geral, já tinham uma ideia positiva do mamífero antes de ser exposto, mas a sua tolerância mostrou-se influenciada consoante o que foi visionado. 
Os vídeos positivos aumentaram a aceitação e a vontade de acção em defesa dos lobos, enquanto que os negativos enfraqueceram as suas ideias.



Lobo etíope
créditos: Nature TTL

Os especialistas consideram que a plataforma YouTube pode influenciar e impulsionar a conservação desta e de muitas outras espécies de animais no mundo. 

Nils Peterson, do Departamento de Recursos Florestais e Ambientais da Universidade, afirma: “Muitas espécies de animais selvagens com que nos preocupamos precisam apenas de tolerância para continuar a viver. Não são animais domésticos que precisam da nossa ajuda, só precisam de nós para não os matar ou destruir o seu habitat.”




Iberian wolf Portugal

The Iberian wolf, the red wolf and the Ethiopian wolf are endangered species, according to the IUCN Red List.

At school, in Portuguese language class, our teacher invite us to participate on a contest promoted by Centro de Recuperação do Lobo Ibérico in Portugal. And two of us were awarded: A week-end at the Center with our parents. We loved the experience!




Gray wolf
credits: mlorenzphotography/ Getty Images

The gray wolf is the only one that is considered to have a stable population. However, this is all due to the conservation efforts made over the last years. Experts are now looking for other ways to contribute to the continued preservation of the animal.





Ethiopian wolf
credits: Cagan H. Sekerciouglu/ Nat Geo Collection


A research article of the North Carolina State University (US) published in the International Journal Human Dimensions of Wildlife How do Yotube videos impact tolerance of the wolves?

"The internet serves as a dominant source of information and may shape tolerance of wildlife species. Our experimental study examined how respondents’ tolerance for wolves (i.e., attitudes, acceptance, and behavior) changed after viewing wolf related YouTube videos. Respondents were randomly assigned to one of three video treatments where wolves were framed positively," Read more here


Geração 'green'

27.06.2020

Creative Commons License

Fonte: GreenSavers

Sunday, May 24, 2020

Dia Internacional para a Diversidade Biológica




Dia Internacional da Biodiversidade

No dia 22 de Maio, celebrou-se o Dia Internacional da Biodiversidade, ou Dia da  Diversidade Biológica. Foi proclamado pelas Nações Unidas para assinalar a aprovação da Convenção sobre a Biodiversidade durante a Cimeira da Terra, realizada no Rio de Janeiro, em 1992. 

Desde então, a consciencialização colectiva relativamente à necessidade dos seres humanos se comprometerem com um desenvolvimento ecologicamente sustentável tem aumentado. No entanto, nunca a perda de biodiversidade causada pelo homem foi tão grande como hoje.

Tema 2020: Nossas soluções estão na Natureza

Entenda-se por por biodiversidade a ampla variedade de plantas, animais e microorganismos existentes, mas também inclui as diferenças genéticas dentro de cada especie . Por exemplo, entre as variedades de cultivos e as raças de animais , assim como a variedade de ecosistemas - lagos, bosques, desertos, campos agrários, entre outros, que reunem as interacções entre seus membros (humanos, plantas, animais) e o seu habitat (água, ar, solo).




créditos: UN

Os recurosos de diversidade biológica são os pilares sobre os quais construímos civilizações. Os peixes fornecem 20% da proteína animal a cerca de 3 biliões de pessoas. 

Mais de 80% da dieta humana é fornecida pelas plantas. Cerca de 80% das pessoas que vivem em áreas rurais nos países em desenvolvimento dependem de medicamentos tradicionais feitos à base de plantas para os cuidados básicos de saúde.

2020 é um ano de reflexão, oportunidade e soluções. Espera-se, de cada um de nós, possamos “reconstruir melhor” usando esse tempo para aumentar a resiliência das nações e comunidades à medida que tentamos recuperar da pandemia COVID-19




Goal 15

2020 é o ano em que, mais do que nunca, o mundo poderá sinalizar uma forte vontade de uma estrutura global que “dobrará a curva” da perda de biodiversidade em benefício dos seres humanos e de toda a vida na Terra.

Os objectivos para deter a perda de Biodiversidade e promover o uso sustentável dos ecossistemas de água doce terrestres e interiores estão incluídos no Objectivo de Desenvolvimento Sustentável 15. Para saber mais

Educação para Diversidade Biológica:

Importante a educação para a Diversidade Biológica, desenvolvendo actividades compatíveis com o momento de pandemia que estamos a viver.






"As we encroach on nature and deplete vital habitats, increasing numbers of species are at risk. That includes humanity and the future we want."
António Guterres, UN Secretary-General
The United Nations has proclaimed May 22 The International Day for Biological Diversity (IDB) to increase understanding and awareness of biodiversity issues. 

When first created by the Second Committee of the UN General Assembly in late 1993, 29 December (the date of entry into force of the Convention of Biological Diversity), was designated The International Day for Biological Diversity





What's Biological diversity?

Biological diversity is often understood in terms of the wide variety of plants, animals and microorganisms, but it also includes genetic differences within each species. For example, between varieties of crops and breeds of livestock, and the variety of ecosystems (lakes, forest, deserts, agricultural landscapes) that host multiple kind of interactions among their members (humans, plants, animals).
Biological diversity resources are the pillars upon which we build civilizations. Fish provide 20 per cent of animal protein to about 3 billion people. Over 80 per cent of the human diet is provided by plants. 
As many s for basic healthcaras 80 per cent of people living in rural areas in developing countries rely on traditional plant‐based medicinee.


International Day for Biological Diversity
But loss of biodiversity threatens all, including our health. It has been proven that biodiversity loss could expand zoonoses - diseases transmitted from animals to humans while, on the other hand, if we keep biodiversity intact, it offers excellent tools to fight against pandemics like those caused by coronaviruses.

Theme 2020: 
"Our solutions are in nature."
The theme “Our solutions are in nature” emphasizes hope, solidarity and the importance of working together at all levels to build a future of life in harmony with nature.



Goal 15 topics

The objectives of halting biodiversity loss and promoting the sustainable use of terrestrial and inland freshwater ecosystems are included in Sustainable Development Goal 15. Learn more here

Education fo Biological Diversity:

It's important to educate for the Biological Diversity, proposing some activities adapted to the Pandemic moments we are living.

Geração 'green'

24.05.2020

Creative Commons License

sources: UN/ UNESCO