Saturday, March 24, 2018

Hora do Planeta : Biodiversidade : Sudão, último rinoceronte-branco do norte





Hora do Planeta

Anualmente, o movimento mundial Earth Hour presta homenagem ao nosso Planeta, encorajando pessoas, comunidades e países a desligarem al luzes e aparelhos que não sejam essenciais durante uma hora. 
A iniciativa nasceu, como sabemos em Sidney, na Austrália, em 2007 e desde então expandiu-se por mais de 187 países e 7.000 cidades. Esta é portanto a 11ª edição da Hora do Planeta.
No dia de hoje é pois celebrada mais uma edição de Earth Hour, uma semana mais cedo que o habitual, fim de Março, devido às comemorações religiosas da Páscoa
Assim, se deseja participar neste acto simbólico, mas de grande impacto ambiental, aponte já hora: 20h30 ( hora local)


A nossa conexão com a Terra e a natureza é inegável: ganha do nosso Planeta e ganhamos todos nós.
A biodiversidade - a rica variedade de vida na Terra - continua a diminuir ano após ano. 
Este ano e até 2020, somos convidados a reconectarmo-nos com a natureza. Redescobrir os espaços verdes da nossaa cidade, revegetar de edifícios, agricultura urbana, escolher alimentos que favoreçam uma agricultura que respeita o meio ambiente, petição contra projectos económicos destrutivos de espaços naturais, lutar contra o tráfico de espécies selvagens.
As causas? Perda de habitat, poluição, excesso de pesca, espécies invasoras e mudanças climáticas, que podem levar à extinção de uma em cada seis espécies. 

É o caso das baleias-piloto que morreram na praia de Hamelin Bay, Austrália. Apesar dos esforços de dezenas de voluntários que tentaram reenviarem-nas para o oceano, das cerca de 150, apenas se salvaram 6 baleias.



Sudão, rinoceronte-branco macho do norte
Make it Kenya/ Flickr

Todos lemos sobre Sudão, o ultimo rinoceronte-branco do norte que morreu esta semana. O último rinoceronte-branco do norte macho, Sudão, morreu no Quénia, com 45 anos, devido a "complicações relacionadas com a idade", anunciaram esta terça-feira investigadores. Os oceanos estão cada vez mais poluidos devido ao uso de plásticos. 
O último rinoceronte-branco do norte macho, 'Sudão', morreu no Quénia, aos 45 anos, devido a "complicações relacionadas com a idade", anunciaram esta terça-feira investigadores.




Sudão, o último rinoceronte-branco do norte
Em comunicado, a organização de protecção da vida animal OI Pejeta Conservacy, no Quénia, informou que o rinoceronte foi sujeito a eutanásia na segunda-feira, depois de o seu estado ter "piorado significativamente" e ele já não conseguir ficar de pé."
Os músculos e ossos do animal estavam a deteriorar-se e tinha desenvolvido extensos ferimentos na pele.
O rinoceronte estava envolvido num importante esforço para salvar subespécies da extinção, com a ajuda de duas fémeas.




Sudão, o último rinoceronte-branco do norte
"Ele era um grande embaixador da sua espécie e será recordado pelo trabalho que fez para suscitar uma consciência global para a situação não só dos rinocerontes mas também de muitos milhares de outras espécies sob ameaça de extinção como resultado de uma atividade humana insustentável", disse o responsável da organização, Richard Vigne.
Os especialistas afirmaram que Sudão, que era uma espécie de celebridade, atraindo milhares de visitantes, "apaixonou muitos com a sua dignidade e força". Os seus tratadores descreviam-no como afável.
O último exemplar macho da sua subespécie nasceu no Sudão, foi levado para um jardim zoológico na República Checa e foi transferido para o Quénia em 2009. Morreu esta semana.




Earth Hour 2018
Hora do Planeta é pois ainda mais importante quando sabemos que os últimos três anos foram os mais quentes já registrados e, que estudos que alertam para o desaparecimento de espécies estão sendo constantemente publicados.
Precisamos urgentemente de dar prioridade à biodiversidade e a natureza do nosso Planeta.
A Hora do Planeta é mais do que apenas um evento. É fácil desligar as luzes por uma hora, e todos podemos expressar simbolicamente a nossa consciência e disposição de agir para proteger melhor a biodiversidade.






Earth Hour 2018
#Connect2Earth foi criado para organizar os nossos esforços, permitindo-nos esclarecer tópicos que afectam o bem-estar do nosso planeta.
Como nos conectamos? Envolvendo-nos partilhando o que pensamos, divulgando a palavra como estamos a fazer com esta publicação para manifestar como a nossa conexão com este lugar que chamamos lar. Planeta Terra.
site oficial do movimento, Connect2earth é o local onde podemos ter uma acção mais directa, participando em diferentes iniciativas em prol do planeta. 
Em Portugal estão previstas algumas actividades para celebrar o dia, tais como passeios de bicicleta. 

Pode consultar o programa da WWF Portugal.





Earth Hour 2018

Our connection to Earth and nature is undeniable: Our planet's gain is everyone’s gain.
Biodiversity – the rich variety of life on Earth – continues to decline year on year. We must urgently prioritise our planet’s biodiversity and nature. 

Remembering the 150 pilot whales dead in Hamelin Bay, Perth, Western AustraliaOnly six whales have survived a mass stranding of pilot whales on the coast of Western Australia.
And a tribute to Sudan, the Last Male Standing. The Most Eligible Bachelor. These are some of the affectionate epithets that were bestowed on Sudan over the years.  



Sudan, the last male white 
credits: © DAI KUROKAWA / EPA
 http://www.olpejetaconservancy.org/

Born in the wild in Sudan in 1973, Sudan has subsequently evolved into a legend – in part due to his status as the last male member of a rhino subspecies
He was captured in Sudan shortly after birth in 1975 and taken to Dvůr Králové Zoo in the Czech Republic along with 5 other northern white rhinos.
He lived at Dvůr Králové Zoo until December 2009 when he was relocated to Ol Pejeta Conservancy together with three other northern white rhinos – Suni (deceased), Najin and Fatu. The move was prompted by the fact that northern white rhinos had been declared extinct in the wild in 2009. Read more here



Earth Hour 2018

#Connect2Earth was created to organise our efforts, allowing us to shed light on topics impacting our planet’s well-being.

How do you #Connect2Earth? Get involved now by starting conversations, sharing your thoughts, and spreading the word about our connection to this place we call home.

Geração 'green'
24.03.2018
Creative Commons License

No comments: